Capitão Amador
Não interessa o destino, seu limite está além do horizonte.

Do Rio à Fernando de Noronha, de lá para o Caribe. Não interessa o destino, o céu, ou melhor, o horizonte é o limite.

Como Capitão Amador você estará habilitado para as navegações oceânicas e poderá navegar entre quaisquer portos do mundo. Desperte o navegador dos 7 mares que existe em você!

Carga horária: 84 horas

Instrutor: Jaime Roberto da Costa Felipe Capitão de Mar e Guerra (RRm) do Corpo da Armada; Hidrógrafo; com experiência na área de navegação como Comandante de três navios hidrográficos da DHN; Encarregado da navegação do Navio-Escola “Brasil” em viagem por quatro continentes; Encarregado da Divisão de Cartografia da DHN; além de ter sido Chefe do Departamento de Ensino da DHN, entre outros itens de igual relevância. Autor do livro Capitão Amador – Navegação Segura em Cruzeiros de Alto-Mar, livro recomendado pela Marinha do Brasil para o exame de Capitão Amador.

Conteúdo programático do curso:

  • Astronomia aplicada à navegação:
    • Medida do tempo, Hora Média Local (HML), Hora Média de Greenwich (HMG), Hora Legal, fusos horários, transformação de horas;
    • Uso do Almanaque Náutico.
    • Cálculo da Hora Legal da passagem meridiana superior do sol.
    • Posição (Latitude e Longitude) pela meridiana do Sol.
    • Cálculo da hora da preamar pelo método expedito de Estabelecimento do Porto (Passagem Meridiana Inferior e Superior da Lua);
    • Noções de Ortodromia e Loxodromia.
  • Meteorologia marinha nos aspectos relacionados à navegação:
    • Fenômenos perigosos à navegação (frentes, furacões, ciclones, tempestades isoladas, nevoeiros, Tsunamis, Ondas de Maré);
    • Interpretação, análise e comparação de boletins, cartas sinóticas e imagens de satélites;
    • Climatologia;
    • Circulação geral dos ventos;M
    • Mensagens e telecomunicações meteorológicas.
  • Oceanografia:
    • Ondas e marulhos;
    • Circulação geral dos Oceanos;
    • Características das correntes costeiras e oceânicas;
    • Principais correntes oceânicas;
    • Estado do mar (escala Beaufort);
    • Interpretação das Cartas Piloto;
    • Identificação dos parâmetros das marés de sizígia e quadratura;
    • Cartas de Correntes de Marés.
  • Estabilidade, flutuabilidade, pontos notáveis da estabilidade, altura metacêntrica;
    • Curva de Estabilidade Estática;
    • Condições de equilíbrio e suas variações em função de mau tempo, embarque da água do mar, alteração de projeto, consumo, água aberta e avarias;
    • Superfície livre, Banda Permanente;
    • Trim;
    • Esforços longitudinais;
    • Navegação com mau tempo.
  • Comunicações na navegação oceânica:
    • Equipamentos, procedimentos, frequências de socorro, chamada e trânsito;
    • Estações de terra;
    • “Sistema Global Marítimo de Socorro e Segurança” (GMDSS) e recursos de busca e salvamento no mar: SART, EPIRB, INMARSAT, COSPAS-SARSAT.
  • Características, propriedades, precisão, erros, deficiências, avaliação, interpretação, calibração e comparação dos sistemas e equipamentos de navegação eletrônica (GPS, radar, AIS e ecobatímetro);
  • Interpretação das imagens radar:
    • Uso do radar para evitar colisão no mar;
    • Sistemas ARPA;
    • Utilização de Rosas de Manobra;
    • Comparação do ARPA com o AIS.
  • Navegação radar:
    • Linhas de posição de segurança do radar em tempo real;
    • Fundeio de precisão com o radar;
    • Paralelas indexadas;
    • Apresentação em movimento relativo e verdadeiro;
  • Navegação por satélites:
    • Programação genérica do receptor GPS;
    • Programação para a navegação GPS;
    • Dados completos fornecidos durante a navegação com o GPS;
    • Alarmes;
    • Diferencial GPS (DGPS);
    • Sistemas Integrados de navegação;
  • Técnicas e procedimentos de sobrevivência em mar aberto
  • Navegação batimétrica:
    • Acidentes geológicos do fundo dos oceanos;
    • Cartas batimétricas;
    • Ttécnicas de determinação de posição por batimetria;
    • Navegação em balsas salva-vidas.